14/10/2014

Se não está na Viral, das duas uma: ou não existe, ou não vale a pena.  Esta é, afinal, a agenda online de consulta gratuita mais completa, atualizada e organizada sobre eventos culturais. Com cobertura nacional, pretende rapidamente propagar-se a outros países. A plataforma web é um caso de sucesso, a aplicação mobile será uma realidade. Estamos, pois, perante um conceito que se dissemina rapidamente e contamina tudo e todos positivamente – porque a cultura nunca fez mal a ninguém.
Com uma equipa nuclear de quatro, os seus sócios-fundadores, a Viral veio acabar com um dos motivos por que nos escapava muita coisa: a informação excessiva e dispersa sobre o que estava para acontecer. Num quotidiano saturado de informação, com enésimos eventos programados, os agentes culturais têm dificuldade em comunicar com o “seu” público. Ou tinham, porque a solução para o problema chega com este projeto caleidoscópico, atento a tudo, mas capaz de ventilar com critério uma informação sempre abundante.
O que é que se passa? À resposta gulosa a Viral responde com tudo ou mostrando apenas os eventos que têm a ver com a localização e o perfil do utilizador. Ou seja, no seu website são apresentadas as iniciativas mais pertinentes, as melhores sugestões, mas é também possível utilizar-se uma série de filtros para chegar-se ao tipo de informação desejada.
Mas a Viral é mais do que uma agenda online. Integra também o Sistema Imunitário, uma área editorial da exclusiva responsabilidade de quem escreve, os Radicais Livres. Ambos os produtos estão associados, são de consulta livre e assentam numa linguagem deliciosamente contagiante.
Mais completa e atualizada do que uma agenda ou publicação tradicionais (por incorporar a prospeção automática), mas mais organizada e pertinente do que um simples agregador automático (por integrar a curadoria humana e as recomendações baseadas no perfil do utilizador), a Viral está a crescer. Em incubação estão novos produtos, como é o caso da V-App (aplicação móvel) e do Viral Plug&Play (módulo de agenda). Da estratégia do quarteto fundador faz também parte a expansão progressiva do conceito a outros países. Avisamos que os principais destinos europeus serão contaminados. Nós fomos, e bem: este é um dos finalistas do nosso Prémio, competindo na categoria “Conteúdos e Novos Media”.

A VIRAL EM VÍDEO

OUTRAS NOTÍCIAS
Uma década a premiar as Indústrias Criativas

Uma década a premiar

as Indústrias Criativas

Life in a Bag a semear por todo o lado

Life in a Bag a

semear por todo o lado

As grandes capitais já conhecem este tapete

As grandes capitais

já conhecem este tapete

A rentrée tem bons eventos literários

A rentrée tem bons

eventos literários

Escola de Startups do UPTEC chega à 10.ª edição

Escola de Startups do

UPTEC chega à 10.ª ediç...

Estes são os vencedores do Prémio!

Estes são os

vencedores do Prémio!

O CLAB convida-te para Serralves

O CLAB convida-te

para Serralves

MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22