21-07-2017

A Iguaneye venceu o 9.º Prémio Nacional Indústrias Criativas. Foram ainda reconhecidos o Sound Particles e o Wonder Cover. O anúncio foi feito no CLAB – Laboratório Criativo, que ontem reuniu a comunidade criativa no Ténis de Serralves.

É caso para dizer que o Prémio ficou com os pés confortáveis. Com Iguaney, concorrente na categoria Arquitetura e Artes Visuais, chega um conceito de calçado inspirado nos índios da Amazónia. O design original, o material flexível e a sensação de se andar descalço encontram-se nos “iguaneyes”, que a startup de Olivier Taco desenvolve no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.
Além de receber 15 mil euros para aplicar no projeto, a Iguaneye torna-se, via Prémio, a representante de Portugal na Creative Business Cup, que em novembro, em Copenhaga, reúne conceitos vencedores, em competições nacionais, da economia criativa.

Nesta nona edição foram ainda entregues um segundo e terceiro prémios, respetivamente, a Sound Particles e Wonder Cover.
O Sound Particles, que desenvolve um software 3D áudio já aplicado pela indústria de cinema de Hollywood, foi mesmo duplamente reconhecido. Além de receber sete mil euros do concurso, o projeto de Nuno Fonseca, incubado em Leiria e que concorreu na categoria “Música e Artes do Espetáculo”, recebeu ainda a distinção Born From Knowledge, com que a Agência Nacional de Inovação, parceira institucional do Prémio, reconheceu o melhor projeto nascido do conhecimento.
A startup Magnética, de Braga, venceu o terceiro prémio com Wonder Cover, mundo de encontro entre apps e acessórios físicos que recupera a tradição dos jogos sociais, presenciais, ao transformar o tablet num tabuleiro. A concorrer na categoria “Arquitetura e Artes Visuais”, foi reconhecida com três mil euros.

Chegaram à final desta edição do prémio mais sete projetos: Birdadvisor 360, Data Tailors, ICE – In Case of Emergency e Rádio Miúdos (categoria Conteúdos e Novos Media), mais City Check, Night Out e Open Museum (Turismo e Património).
Como sempre, a tarefa do júri não foi fácil, fruto da qualidade dos finalistas que resultaram de uma seleção já de si complicada. Foram centenas as candidaturas recebidas em mais uma edição anual do Prémio.
De todos, esperamos, teremos boas notícias – e estaremos por cá para ajudar na sua divulgação. A todos desejamos a melhor sorte!
 
OUTRAS NOTÍCIAS
Bandas de empresas fazem o festival

Bandas de empresas

fazem o festival

No terraço do hotel está cultivada a horta

No terraço do hotel

está cultivada a horta

Uma Caixa de Música Digital? Só Imaginando...

Uma Caixa de Música

Digital? Só Imaginando...

Birdadvisor360°, a app que observa os pássaros

Birdadvisor360°, a

app que observa os pássaro...

DATA TAILORS. Infografias com a história toda

DATA TAILORS.

Infografias com a his...

CLAB junta em Serralves a comunidade criativa

CLAB junta em Serralves

a comunidad...

RÁDIO MIÚDOS. Para crianças e em português

RÁDIO MIÚDOS. Para

crianças e em português

CITY CHECK. Descobrir a cidade através de jogos

CITY CHECK. Descobrir

a cidade através de jog...

WONDER COVER. Joga com amigos à volta do tablet

WONDER COVER. Joga

com amigos à volta do tabl...

SOUND PARTICLES. De Leiria para Hollywood

SOUND PARTICLES. De

Leiria para Hollywood

MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18