27-12-2017

A Iguaneye, a startup do Porto vencedora da edição 2017 do Prémio Nacional Indústrias Criativas, está a lançar o modelo Jungle com uma campanha de crowdfunding. A sensação de se andar descalço, com os pés confortavelmente calçados, é a experiência que a marca quer levar a um crescente número de pessoas.

Depois dos Iguaneye Freshoes, o empreendedor criativo Olivier Taco volta a inspirar-se nas tribos da Amazónia (que envolviam os pés numa película protetora mergulhando os pés em borracha líquida) para apresentar os Iguaneye Jungle.

Criado com recurso a impressão 3D, o novo modelo “envolve os pés como uma segunda pele”, protegendo-os de forma “efetiva e minimal”. Disponíveis em duas versões (LUX e Light), os Jungle são formados por uma tira de borracha Ultraflex, que envolve o dedo grande e o calcanhar, e uma sola ergonómica. Os dois componentes impressos encaixam um no outro, fixando-se nos pés. Graças a este sistema de encaixe tipo puzzle 3D, é possível combinar e trocar versões da sola e cores, podendo compor-se uma versão personalizada. Uma curiosidade: a montagem e troca faz-se em segundos.

Esta é a segunda vez que a startup incubada no UPTEC recorre a uma campanha de crowdfunding para financiar os seus projetos. Desta a primeira campanha, a Iguaneye vendeu mais de 20 mil pares Freshoes a clientes de diferentes partes do mundo.
Lançada no dia 11 de dezembro, a campanha para os Jungle decorre na plataforma Indiegogo. Assim que os objetivos de financiamento forem atingidos, a Iguaneye arranca com a produção dos moldes. Na primavera, os Jungle chegam aos pés. 
OUTRAS NOTÍCIAS
Reutilizar e poupar com Book in Loop

Reutilizar e poupar

com Book in Loop

Como conservar e restaurar murais públicos?

Como conservar e

restaurar murais públicos?

Este festival dava um filme - e vai dar

Este festival dava um

filme - e vai dar

Há uma nova plataforma de apoio à arte pública

Há uma nova

plataforma de apoio à arte públic...

A galeria de vencedores

A galeria de

vencedores

Contextile 2018 com "calls" abertas

Contextile 2018 com

"calls" abertas

Municípios do Centro trabalham em rede

Municípios do Centro

trabalham em rede

Vamos semear o calendário e pôr bichinhos na terra

Vamos semear o

calendário e pôr bichinhos na ...

MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21