25-02-2015

Um ano depois de se terem candidatado, quisemos saber o que aconteceu na vida dos finalistas do nosso Prémio em 2014.
 
“A participação no Prémio Nacional Indústrias Criativas e a menção honrosa atribuída ao projecto, na categoria Novos Media, revelou-se vantajosa para o seu desenvolvimento, promoção e sobretudo para a ampliação do modelo de negócio que, actualmente, também se centra na promoção de workshops de caligrafia, em faculdades nacionais, nos quais a Calligraphy Practice continua a representar uma mais-valia no ensino e prática da caligrafia. 
Efectuou-se a actualização da app para o sistema operativo IOS8 e apostou-se também na melhoria do pincel caligráfico e instruções do desenho de letra, facto este que tem contribuído para a estabilidade das vendas. 
Embora o projeto em si se mantenha estável, a notoriedade trazida pela participação no PNIC e a divulgação por parte da equipa Calligraphy Practice têm contribuído para a obtenção de encomendas não só no ramo da caligrafia, mas também na área do design de interfaces web”.
 
Criado por João Brandão, a app Calligraphy Practice tem por base um software inovador de desenho que se diferencia de outras ferramentas existentes no mercado pelo modo extremamente fácil e eficaz de obter uma caligrafia perfeita – os dedos (dois apenas) são o pincel, o iPad faz a vez do papel.
OUTRAS NOTÍCIAS
MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16