24-02-2017

Está lançada a 9.ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/ Serralves. As candidaturas decorrem até 22 de março.
 
Se é um projeto inovador, reconhecidamente criativo e empreendedor, então deve ganhar mundo. É este o caráter impulsionador de uma competição que rasga fronteiras ao criar oportunidades efetivas de desenvolvimento de negócios no setor das indústrias criativas. Porque é isso que se deseja, mais factos e menos promessas.
 
Sejamos, então, categóricos na apresentação das VANTAGENS:
- Há 3 prémios pecuniários de 15.000€, 7.000€ e 3.000€ a atribuir, respetivamente, ao primeiro, segundo e terceiro melhores projetos (*).
- Há uma distinção, Born from Knowledge, a atribuir ao melhor projeto nascido do conhecimento, selecionado entre os finalistas (**).
- O projeto vencedor do 1.º prémio participa na competição internacional Creative Business Cup, que se realiza em Copenhaga, Dinamarca.
- Todos os finalistas participam no Programa de Imersão, um modelo único para desenvolvimento e capacitação dos seus projetos.
- Visibilidade dos projetos finalistas nos canais de comunicação do Prémio e junto dos media, destacando-se a presença no programa The Next Big Idea (Sic Notícias).
- Mentoring personalizado para todos os finalistas, orientado para o desenvolvimento do modelo de negócio e identificação de instrumentos de apoio.
- Oportunidades de Networking para todos os finalistas, que passam a beneficiar de uma rede de contactos importante e alargada.
 
A exemplo das últimas edições, podem candidatar-se ao Prémio projetos que se enquadrem numa destas quatro CATEGORIAS:
- Arquitetura e Artes Visuais – Arquitetura, Design, Artes Plásticas, Moda e Joalharia
- Música e Artes do Espetáculo – Música, Dança, Teatro, Novo Circo, Cinema e Vídeo
- Conteúdos e Novos Media – Televisão, Rádio, Edição Multimédia, Software Educacional e de Entretenimento
- Turismo e Património – Gastronomia, Turismo e Património
 

 
(*) Primeira novidade desta 9.ª edição: em vez de um, passa a haver três prémios pecuniários. Deste modo, três finalistas poderão receber dinheiro para investir no seu projeto.
 
(**) Segunda novidade desta 9.ª edição: a distinção Born to Knowledge é atribuída pela Agência Nacional de Inovação, parceira institucional do Prémio. Considerando o grupo de finalistas do Prémio 2017, é instituída para distinguir projetos “nascido do conhecimento”, isto é, que resultem do conhecimento científico e/ou tecnológico. 

OUTRAS NOTÍCIAS
Birdadvisor360°, a app que observa os pássaros

Birdadvisor360°, a

app que observa os pássaro...

A "cultura líquida" está no Hub Criativo do Beato

A "cultura líquida"

está no Hub Criativo do B...

O Prémio vai a Copenhaga com os pés confortáveis

O Prémio vai a

Copenhaga com os pés confortáv...

Boas ideias e bons projetos vão ao Laboratório

Boas ideias e bons

projetos vão ao Laboratóri...

WONDER COVER. Joga com amigos à volta do tablet

WONDER COVER. Joga

com amigos à volta do tabl...

SOUND PARTICLES. De Leiria para Hollywood

SOUND PARTICLES. De

Leiria para Hollywood

IGUANEYE. Afinal (não) estamos descalços

IGUANEYE. Afinal

(não) estamos descalços

Duas vencedoras do Prémio candidatas aos The Europas

Duas vencedoras do

Prémio candidatas aos The ...

MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18